Sociedade Brasileira de Patologia Clínica
Medicina Laboratorial

Institucional
História da SBPC/ML(2ª parte - 1944 - 1963)

Ainda em 1944 e ao longo dos quatro anos seguintes foram apresentados à SBPC diversos trabalhos de interesse científico. A preocupação com o dia-a-dia do laboratório também fazia parte da pauta de reuniões. Em 1947, os sócios discutiram a necessidade de organizar comissões para estudar a padronização de técnicas serem recomendadas para as rotinas.

Capa da 1ª edição da Revista Brasileira de Patologia Clínica

Apesar dos esforços para lançar uma publicação científica, somente em 1950 saiu o primeiro número da Revista Brasileira de Patologia Clínica, graças a uma subvenção do Governo. Além de apresentar a relação dos 110 sócios fundadores, os textos do estatuto e do regimento interno da SBPC, a revista apresentava artigos técnicos e científicos originais.

Na última sessão de 1953, Erasmo Lima, que havia sido reeleito presidente para os dois anos anteriores, recebeu uma carta da Sociedade Internacional de Patologia Clínica, comunicando a filiação da SBPC e convidando-o a participar do congresso internacional da especialidade, marcado para o ano seguinte, em Washington (EUA). Com sede na Inglaterra, a Sociedade Internacional havia sido fundada em 1950.

No final de 1963, havia um movimento na Associação Médica Brasileira (AMB) para montar um Departamento de Patologia Clínica. Como a SBPC previa em seu estatuto tornar-se uma sociedade de âmbito nacional, a criação de um departamento próprio da especialidade poderia provocar a desunião dos médicos patologistas clínicos.

Após entendimentos entre os presidentes das duas entidades, foi firmado um convênio que resultou na concessão de Título de Especialista em Patologia Clínica, conferido em conjunto pela SBPC e AMB.

Itens relacionados:

Sociedade Brasileira de Patologia Clínica / Medicina Laboratorial

Rua Dois de Dezembro, 78 sala 909 - Catete - Rio de Janeiro - RJ - CEP 22220-040

Telefones: (21) 3077-1400 e 0800 0231575 - Fax: (21) 2205-3386

.